26/07/2011

Uma Ambição de Nome Factótum

Por Law Tissot:

             Em outubro de 1990, cinco fanzineiros uniram suas idéias para criar uma publicação repleta de colagens e grafismos intensos. Factótum foi elaborado para atingir a cena alternativa brasileira, com nítidas ambições editorias, numa publicação de qualidade gráfica acima da média do que vinha sendo encontrado entre os fanzines até então. Os responsáveis por essa ego-trip foram Cleomar Gonçalves, da cidade de Canguçu, editor dos zines Novo Humanóide, Música Ambiente, Novo Experimento, Der Golem e Tempo Esquece Tempo. Cláudio M.S.M. e Sávio Machado, de Pelotas, editores dos zines Mad House e O Corredor da Vida. Law Tissot editor do zine X-Tro e Marco Muller editor dos zines Mutação, Leve Desespero, Kuspindo na Cara, Gesto Estúpido, Amada Amante e Renunciar ao Coração, ambos de Rio Grande.
Factótum (1990)

             Essa turma reuniu suas obsessões particulares que ia de, poesias, histórias em quadrinhos, Ingmar Bergman, Woody Allen, Chico Buarque, Bill Watterson (Calvin & Haroldo), Inspiral Carpets, Happy Mondays, Stone Roses, 808 State, Twin Peaks até Charles Baudelaire. Com tantas influências e referências vindo deste time de fanzineiros experimentais, Factótum tinha tudo para ganhar a fama que se propôs. Mas não. Factótum acabou sendo uma publicação um tanto quanto inorgânica, sem alma, embalada por uma diagramação fria e distante dos leitores. Resultado, além de não ter seguido em frente, este fanzine acabou sendo esquecido até mesmo por seus editores. Praticamente toda a tiragem de 500 exemplares - uma extravagância para época - ficou esquecida nas casas dos criadores.

              Mas não se pode negar a validade desta experiência de promover um fanzine que venha abranger a nossa região - ou ainda, fanzines coletivos que envolvam as culturas de cidades vizinhas -, visto que Rio Grande e Pelotas continuam com uma grande quantidade e variedade de artistas na cena alternativa que sempre nos surpreendem com alguma publicação independente, repleta de idéias e grafismos eloqüentes.

Nenhum comentário: